g2h

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

eu sou

Eu sou o único “eu” que eu tenho. Não existe ninguém igual a mim. E esse eu tem dois aspectos: o interior e o exterior. O eu exterior é o que você vê: a forma como eu ajo, a imagem que ostento e as coisas que faço. O eu exterior é muito importante. É o meu mensageiro para o mundo, e muito desse meu exterior é o que se comunica com você. Eu valorizo o que eu faço, a minha aparência e o que compartilho com você. O “eu” interior conhece todos os meus sentimentos, minhas idéias secretas e minhas muitas esperanças e sonhos. Às vezes, deixo que você conheça um pouquinho do meu “eu” interior; às vezes, isso é uma parte muito secreta de mim mesma.


Muito embora exista um número enorme de pessoas nesse mundo, ninguém é exatamente como “eu”. Eu assumo total responsabilidade por esse “eu”, e quanto mais eu aprender sobre mim mesma, mais responsabilidade vou assumir. Como você vê, o meu “eu” é responsabilidade minha. A medida que conheço mais de perto a mim mesma, cada vez mais descubro que sou uma ótima pessoa. Tenho feito muitas coisas boas na vida porque sou uma pessoa boa. Tenho realizado algumas coisas na vida porque sou uma pessoa competente. Conheço algumas pessoas especiais porque sou alguém que vale a pena conhecer.

Quero brindar às muitas coisas que tenho feito para mim mesma. Também tenho cometido alguns enganos. Posso aprender com eles. Ainda conheço algumas pessoas que não me apreciam. Não preciso manter essas pessoas na minha vida. Tenho perdido um tempo precioso com elas. Posso fazer novas escolhas agora. Pelo que posso ver, ouvir, sentir, pensar, mudar, crescer e agir,tenho grandes possibilidades. Vou crescer, amar, viver e brindar a mim mesma. Quer saber, eu mereço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Google+ Followers

Google+ Badge